Segurança do trabalho: o que observar na gestão de estoque físico?

3 minutos para ler

A segurança do trabalho deve estar presente em todos os setores da empresa. E o gerenciamento do estoque físico não deve ficar de fora. Existem algumas medidas que precisam ser implantadas para minimizar os riscos relacionados a esse setor.

O objetivo da segurança no trabalho é evitar que funcionários corram riscos de desenvolver doenças e sofrer acidentes no desempenho das suas funções. A sua correta implementação reduz as margens de afastamentos por lesões e, até mesmo, de processos judiciais.

A necessidade de implantar essas medidas é ainda maior em ambientes de alto risco. Funcionários que lidam com mercadorias pesadas, grandes alturas e outros fatores similares durante o expediente precisam receber treinamento adequado e adotar o uso de alguns EPIs.

Se você ainda tem dúvidas sobre como implantar a segurança do trabalho em seu setor de estocagem, listamos, abaixo, 3 dicas de ouro. Confira!

Equipamentos seguros

Equipamentos que servem para empilhar mercadorias devem estar com a manutenção em dia. Do mesmo modo, prateleiras e outros locais de alojamento precisam de manutenção preventiva. Isso evita o risco da queda de mercadorias sobre os trabalhadores.

Além disso, alguns equipamentos de proteção individual são necessários para lidar com materiais estocados. Alimentos congelados devem ser manuseados com o uso de luvas térmicas. Se uma estocagem de produtos em prateleiras baixas vai durar várias horas, é importante usar joelheiras, que evitam o impacto sobre os joelhos.

Produtos químicos, que exalam cheiro forte, precisam ser manuseados por pessoas com máscaras de proteção. O uso de cortinas de água e sistemas de ventilação em locais onde se lida com essas substâncias também é recomendado.

Os carrinhos, as escadas e quaisquer outros itens usados para acomodar ou retirar materiais dos estoques devem ser mantidos em bom estado.

Hábitos saudáveis e cuidados

Além do uso dos EPIs, os colaboradores também precisam rever e desenvolver alguns hábitos, de modo a evitar acidentes. Muitas vezes, comportamentos considerados inofensivos pelos funcionários podem significar a exposição a grandes riscos.

Não obedecer o limite de empilhamento de embalagens e subir em caixas que contêm produtos, sejam eles quais forem, podem ser consideradas atitudes negligentes e podem acabar acarretando grandes problemas, caso algum acidente ocorra.

Não é porque o seu pessoal sempre agiu dessa forma e nunca nada aconteceu que devem continuar agindo. Atitudes que aumentam os riscos podem, a qualquer hora, ocasionar grandes consequências.

Treinamentos adequados

Mas não é somente falando aos seus colaboradores que não devem agir de determinadas maneiras que você alcançará grandes resultados. Eles precisam se conscientizar verdadeiramente sobre a questão dos riscos.

E isso só é conseguido por meio de treinamentos adequados. É claro que a gestão de estoque não é considerada uma atividade das mais arriscadas, mas medidas de segurança se fazem igualmente necessárias.

Oferecer esses treinamentos é uma forma de proteger a sua equipe de possíveis acidentes e a sua empresa de uma série de transtornos. Uma instituição que realmente preza pela vida e pela saúde dos funcionários trabalha para que eles aprendam a cuidar de sua própria segurança e também daqueles que trabalham ao seu lado.

Entendeu por que a segurança do trabalho também é importante nos estoques? Se você gostou, siga-nos nas redes sociais e tenha acesso a mais conteúdos como este. Estamos no Facebook e no Twitter.

Posts relacionados

Deixe uma resposta