Saiba como a Machine Learning tem tornado a Logística melhor

4 minutos para ler

As aplicações de Machine Learning têm automatizado e otimizado vários processos na logística e mantido as empresas competitivas, revelando infinitas oportunidades.

Aqui vamos entender o que é Machine Learning, o porquê e como utilizá-la na logística.

Leia na íntegra para se aprofundar mais!

Entenda o que é Machine Learning

Machine Learning vem do inglês e significa aprendizado de máquina ou aprendizado automático.

Estudo que se derivou da Inteligência Artificial, um campo da ciência da computação, que explora a construção de algoritmos que permitem uma máquina tirar conclusões. 

Para simplificar, a Machine Learning se utiliza de um grande volume de dados e instruções que permitem que um sistema aprenda sozinho, sem intervenção humana. 

Agora entenda a seguir a utilidade dessa tecnologia para a gestão logística.

Por que aplicar Machine Learning na logística?

Os algoritmos de Machine Learning contribuem significativamente nos processos logísticos de uma empresa fornecendo insights relevantes de como melhorar o seu desempenho. 

Suas aplicações são capazes de detectar padrões, irregularidades, fazer previsões enquanto aprendem constantemente no processo. 

Com essa função é possível tomar decisões mais inteligentes embasadas em dados de tempo real, além de fornecer possibilidades mais seguras e com menor custo.

Como a Machine Learning está transformando a logística?

Selecionamos aqui alguns exemplos de como o Machine Learning tem feito a gestão logística melhor.

  • Precisão de dados e apoio na tomada de decisões

A partir de dados conhecidos essa tecnologia coopera na resolução de problemas complexos, fazendo o processo de tomada de decisão mais assertivo.

Apresenta uma visão abrangente dos cenários, pois examina uma grande quantidade de informações em tempo real, o que permite detectar novas tendências com maior agilidade.

  • Controle de Estoque

Essa aplicação é capaz de analisar o histórico de entradas e saídas de estoque e a quantidade dentro de um determinado período de tempo. 

Com isso, sugere pedidos maior ou menor dependendo do mês, possibilitando a empresa operar com baixos níveis de estoque.

  • Previsão da demanda

Ao utilizar técnicas de planejamento e otimização baseadas em Machine Learning, empresas reduziram em 65% as vendas perdidas devido à indisponibilidade de produtos. 

Desta forma as empresas podem atualizar seus parâmetros de planejamento de forma dinâmica e otimizar seus recursos, minimizando os desperdícios. 

  • Otimização de Rota Logística e desempenho da entrega

O Machine Learning otimiza o desempenho nas entregas ao analisar as melhores rotas e horários de pico. 

Essa função reduz os custos de envio e acelera o processo de entrega.

  • Melhor gerenciamento de fornecedores

A cada interação com um fornecedor existente, são obtidas estimativas confiáveis a respeito do seu potencial.

Facilitando assim a seleção de fornecedores que apresentam uma qualidade consistente, com melhor desempenho de entrega.  

O Machine Learning está reinventando a logística mostrando eficiência nos processos de análises e tomadas de decisões mais assertivas.

Com automação e inteligência em seus processos, as empresas agregam valor e se mantêm competitivas no mercado. 

O aprendizado do Machine Learning só cresce conforme os desafios e as possibilidades se tornam infinitas.

Se você quer ter acesso a mais conteúdos sobre o gerenciamento de processos logísticos, siga as nossas páginas no Facebook e no Linkedin para manter-se atualizado sobre as principais novidades do setor!

Posts relacionados

Deixe uma resposta