O que fazer com estoque alto? 3 dicas para evitar estoque parado

4 minutos para ler

De vez em quando, um analista de estoque se vê obrigado a fazer a pergunta: o que fazer com estoque alto? Existem algumas formas de lidar com esse problema. É possível vender o excesso de inventário por meio de sites terceirizados, oferecer grandes descontos, fazer permutas com outras empresas e realizar promoções de volume do tipo “pague 3 e leve 4”.

Mais importante ainda é evitar que o estoque alto aconteça. Em geral, ele é fruto da falta de planejamento estratégico na montagem dos estoques. O departamento de compras pesou a mão ou as estimativas para o Natal foram otimistas demais. Mudanças imprevistas na tecnologia, no mercado e até na política (como uma greve de caminhoneiros) também podem resultar em excesso de estoque.

As medidas sobre o que fazer com estoque alto são urgentes porque o excesso de inventário custa dinheiro, sofre depreciação e ainda ocupa o espaço que poderia receber produtos novos. Quer saber mais sobre o assunto? Confira três dicas para melhorar o seu controle e evitar estoque alto!

 

Saiba o que fazer com estoque alto

 

1. Faça uma limpa no inventário

Para a gente resolver um problema, o primeiro passo é medir, mas para isso precisamos de um espaço limpo. Como se fosse arrumar uma gaveta, comece livrando-se de todo o estoque velho, supérfluo. Ligue para revendedores ou contrate uma consultoria para definir como se livrar do chamado overage. Um estoque organizado é fundamental.

 

2. Realize um diagnóstico do estoque alto

Com o caminho limpo, identifique quais mercadorias estão em excesso e com qual margem. A maior parte dos sistemas de inventário entende que o estoque alto é aquele além das necessidades totais. Mas, na verdade, o estoque alto é aquele além das necessidades atuais. O excesso pode até ser vendido no futuro, mas foi comprado ou trazido muito cedo e, portanto, também está prejudicando o fluxo de caixa da empresa.

Com o diagnóstico em mãos, é possível descobrir quais itens estão proporcionalmente mais em excesso, seja em quantidade ou custo.

 

3. Identifique e corrija a causa

Feita essa avaliação, investigue o motivo que gerou o estoque problema. Algumas causas comuns são:

  • não ter ajustado ordens de compra e/ou prazos depois de mudanças no mercado e na demanda;
  • fazer encomendas muito adiantadas aos fornecedores;
  • incluir fatores desatualizados no planejamento — como errar datas de feriados ou repetir quantidades do ano passando sendo que a economia piorou ou aquele tipo de produto está ficando ultrapassado ou fora de linha.

Começando pelo item de maior custo, responda como aquele excesso de estoque foi criado. Sua equipe fez uma ordem de compra para certa data e depois deixou de mudá-la quando a demanda mudou? O fornecedor entregou mais cedo que o combinado? Será que a variação de demanda é realmente tão grande no seu mercado que exige mesmo aquele “estoque por segurança”? 

Ao responder a essas perguntas com os dados em mãos, você poderá atacar o problema diretamente em suas causas e livrar-se do estoque alto de uma vez por todas. Uma dica extra: é importante buscar acordos com os fornecedores. Um bom relacionamento com eles dará à sua empresa a flexibilidade necessária para escapar de saias justas na hora de decidir o que fazer com estoque alto.

Se a interação for de longo prazo e benéfica para ambas as partes, seus fornecedores terão prazer em, por exemplo, aceitar devoluções sem cobrar por isso, porque sabem que terão espaço garantido na próxima remessa.

Se estas dicas sobre o que fazer com estoque alto foram úteis para você, curta a nossa página no Facebook e fique por dentro das melhores novidades mundiais em logística!

 

ORBIT Logistics é um dos principais fornecedores mundiais de soluções de gerenciamento de estoque (VMI — Vendor Managed Inventory e SCM — Supply Chain Management) e aquisição de dados em tempo real.

Nossa empresa, fundada em 2003, fornece um sistema modular para gerenciamento e automação da cadeia de suprimentos, atendendo clientes globais a partir de escritórios em Leverkusen (Alemanha), Atlanta (EUA), São Paulo (Brasil) e Shanghai (China). Uma equipe altamente qualificada, composta por mais de 40 engenheiros e técnicos, oferece soluções “turn key” personalizadas para gestão e monitoramento de processos.

 

Para mais informações:

ORBIT Logistics Brasil
www.orbitlog.com.br
dante@orbitlog.com.br

Tel.: (11) 3796-1755 / 1756
Cel.: (11) 96420-1701

Posts relacionados

Deixe uma resposta