O que é um programa de reposição contínua?

3 minutos para ler

Um programa de reposição contínua é uma modalidade estratégica de gestão, que visa um estoque mais eficiente totalmente baseado na demanda real.

Isso exige dados compartilhados entre parceiros para um maior aprimoramento das operações.

Um desafio nem sempre tão fácil de se obter, mas há tempos buscado por gestores.

Para entender melhor o que é, como funciona a reposição de estoques em um programa de reposição contínua, bem como quais são os seus benefícios mais visíveis, vamos explorar mais sobre esse programa aqui.

Então, continue a leitura para saber mais!

O que é um Programa de Reposição Contínua?

É uma estratégia de gestão que visa uma reposição eficiente, conhecida também por uma das modalidades de iniciativas de resposta rápida.

As iniciativas de respostas rápidas, em geral, têm como base a cooperação  e compartilhamento de dados de demanda com seu fornecedor.

A reposição de estoque é praticamente decidida entre parceiros da cadeia de suprimentos.

Tradicionalmente, a reposição ocorre com o varejo que acompanha a necessidade do cliente.

Na modalidade de reposição contínua, isso pode ocorrer de 3 formas, como veremos  a seguir.

3 Formas de gestão da reposição contínua

Antes de tudo, vale comentar que para que os padrões de reposição sejam definidos, é necessário saber:

Os dados de demanda, o nível de estoque e o seu nível mínimo (informação obtida com a ajuda de um EDI) e o tempo de fornecimento.

Com essas informações determinadas, as reposições de estoque podem ocorrer das seguintes formas no modelo de reposição contínua:

1. Varejo: Como na forma tradicional, o varejo verifica a necessidade de reposição e faz o pedido ao fornecedor.

2. Fornecedor: O varejo informa a posição de estoque ou previsão de vendas e o fornecedor calcula a necessidade de reposição.

3. Operador logístico: O operador decide a reposição com base nos padrões definidos pelos fornecedores e varejistas.

Independente da forma de reposição, os níveis de estoque podem variar conforme a sazonalidade da demanda e hábitos dos consumidores.

Quais são os benefícios do CRP – Programa de reposição contínua?

De forma geral, as vantagens mais visíveis desse modelo são:

  • O tempo de resposta ao cliente, pois esta estratégia tem se mostrado uma das mais ágeis e já comprovada em grandes empresas, como a Wal-mart e P&G;
  • Previsões e planejamento das operações aprimorados: Com os dados compartilhados, a reposição fica mais eficiente e assertiva;
  • Estoques com custos reduzidos, devido a otimização de recursos
  • Também é identificado uma redução no efeito chicote;
  • Maior cobertura no atendimento ao cliente, com menos rupturas de estoque;
  • Fornecedores tem uma melhora na previsão de produção.

Em resumo, devemos considerar que um programa de reposição contínua facilita a gestão, aumentando o tempo para as operações de vendas, assim como a rentabilidade do negócio.

Se você acredita que essa forma de gestão pode ser benéfica a sua empresa, busque seguir esses primeiros passos.

Que é garantir boas parcerias com seus distribuidores e parceiros para definição de uma estratégia e a implementação do programa.

Se você quer ter acesso a mais conteúdos sobre o gerenciamento de processos logísticos, siga as nossas páginas no Facebook e no Linkedin para manter-se atualizado sobre as principais novidades do setor!

Posts relacionados

Deixe um comentário