O que é e quais as vantagens da Logística Flexível? 

4 minutos para ler

Concorrência acirrada, entregas rápidas, preços baixos, qualidade do produto são problemas que a logística flexível tenta lidar.  

Dificilmente os modelos de gestão tradicionais conseguem atender em sua totalidade as exigências do mercado atual, razão pelas quais as soluções flexíveis são cada vez mais cogitadas nas empresas.  

Por isso, entender o que é logística flexível, suas práticas e vantagens é essencial para que sua empresa esteja atualizada em relação às abordagens atuais do mercado e possa se preparar para implantar soluções inovadoras quando necessário.  

Ficou interessado no assunto?  

Então leia agora o artigo completo e saiba mais!  

Antes de tudo, o que é logística flexível?  

Visto uma pressão mercadológica imposta pelos novos hábitos de consumo, que muitas vezes demandam entregas mais rápidas e custos baixos, tem sido cada vez mais procurado pelas empresas soluções que acompanhem essas mudanças.  

Motivo pelo qual o termo flexibilidade tem ganhado a simpatia dos gestores com a uma nova proposta de modelo de gestão logística.  

Uma logística flexível é aquela que se adapta para atender aos novos anseios dos clientes, com agilidade e aumento no faturamento. 

Se utilizando para isto de soluções tecnológicas e diferentes abordagens de gestão para se chegar ao objetivo desejado. 

Como funciona a logística flexível na prática?  

Em linhas gerais, a forma como as empresas costumam aplicar a flexibilidade em seus processos logísticos podem se distribuir das seguintes formas:  

  • Mix de produtos: oferecer variedade e personalização aos clientes. 
  • Entregas flexíveis: investimento em soluções tecnológicas para otimizar entregas e garantir agilidade.  
  • Canais de distribuição ágeis: facilidade na mobilidade e na organização dos espaços, e ainda mais, diminuição da distância dos centros de distribuição até o consumidor final.   
  • Modais de transportes variados: uso todo o potencial de diferentes tipos de transportes para melhor distribuição de mercadorias.  
  • Ou terceirização de transportes: redução de custos e foco no negócio principal; 
  • Estratégias de gestão diversificadas e flexíveis: como o Just In Time (JIT) e o Lean, por exemplo.  

Essas são algumas das práticas flexíveis utilizadas nas empresas, mas caso tenha interesse em aplicar no seu negócio, o ideal é buscar em primeiro lugar qual necessidade do seu cliente merece prioridade. 

E com isso em mente, busque soluções que estejam de acordo com o foco do seu negócio para atendê-lo da melhor forma.  

Quais as principais vantagens da logística flexível?  

Investir em uma logística flexível vai muito além da adaptação e da competitividade da sua empresa.  

Com práticas flexíveis, o seu negócio tem grandes chances de aumentar sua fatia no mercado, com melhores e novos canais de distribuição, e assim aumentar seu potencial de entrega.  

As vantagens mais conhecidas e comprovadas neste modelo são:  

  • Respostas ágeis à demanda
  • Aumento da produtividade; 
  • Custo operacional reduzido; 
  • Menos erros e desperdícios; 
  • Clientes Satisfeitos; 
  • Melhoria nas operações omnichannel
  • resposta rápida às adaptações do mercado; 
  • aperfeiçoamento do modelo de negócio.  

Portanto, investimentos em uma logística flexível, vai além das melhorias internas, tendo muitas de suas ações internas aprimoradas.  

No sentido de estar mais aberto às inovações e sincronizado com as demandas, não se tem dúvidas quanto aos benefícios trazidos pela abordagem flexível na logística.  

Se você quer ter acesso a mais conteúdos sobre o gerenciamento de processos logísticos, siga as nossas páginas no Facebook e no Linkedin para manter-se atualizado sobre as principais novidades do setor! 

Posts relacionados

Deixe um comentário