Descubra agora mesmo as diferenças entre logística e cadeia de suprimentos

4 minutos para ler

O controle dos processos internos da empresa é fundamental para conseguir um melhor gerenciamento para seu negócio e obter melhores resultados, seja nas rotinas internas, seja para melhorar a relação com o cliente.

Dois pontos merecem atenção por parte dos gestores: a cadeia de suprimentos e logística. Entender o que são esses dois conceitos e como eles impactam o dia a dia do seu negócio, a fim de obter melhores resultados.

Mas eles são a mesma coisa? Na verdade, não. Descubra as principais diferenças a seguir e tire suas dúvidas. Boa leitura!

O que é cadeia de suprimentos?

A cadeia de suprimentos (ou também conhecida como Supply Chain Management) diz respeito a uma estrutura que abrange o planejamento e o gerenciamento das funções que estão interligadas com métodos e sistemas operacionais, relacionados direta ou indiretamente ao produto.

Nela se encaixam funções como compras, depósitos, inventários, entre outros. Diante disso, está intimamente ligado o estoque, compras de insumos, entre outros.

Quais as diferenças entre logística e cadeia de suprimentos?

Apesar de estarem relacionados com armazenamento e estoques de suprimentos, logística e cadeia de suprimentos não são a mesma coisa. Para isso, é importante saber as diferenças entre esses dois conceitos, como mostraremos a seguir.

A logística diz respeito às ações de planejamento, implementação e adoção de práticas que vão desde o processo de armazenamento dos itens que chegam à sua empresa até a entrega para o cliente final.

Essencialmente, assim, podemos falar que a logística está inserida dentro da cadeia de suprimentos, de forma a complementar suas ações e gerar melhores resultados. Além disso, podemos enumerar outras diferenças essenciais, tais como:

  • a logística possui uma visão mais técnica, enquanto a cadeia de suprimentos é mais estratégica;
  • normalmente envolve apenas os colabores internos, mudando nos casos em que há uma terceirização do processo logístico. Enquanto isso, a cadeia de suprimentos trabalha tanto com os fornecedores, fabricantes e outros parceiros externos;
  • a logística tem por objetivos reduzir custos, conseguir implementar modelos de distribuição mais eficientes e controle dos centros de distribuição. Já a cadeia de suprimentos tem por objetivo trabalhar vantagens competitivas, estimular a inovação e conseguir, também, reduzir custos em todas as etapas da produção, não só no ponto final.

Como fazer uma boa gestão de cadeia de suprimentos?

Algumas dicas podem auxiliar consideravelmente a fazer uma boa gestão da cadeia de suprimentos. Vejamos os principais deles a seguir.

  • faça uma previsão de demandas;
  • integre as equipes da empresa;
  • observe as demandas na cadeia de suprimentos;
  • compartilhe a cadeia de suprimentos com seus fornecedores;
  • faça uma integração das equipes da empresa;
  • conte com uma tecnologia de gestão que permita um melhor controle da cadeia de suprimento.

Como unir logística e cadeia de suprimentos?

A logística e a cadeia de suprimentos, quando trabalhadas em conjunto, conseguem elevar os resultados nesse setor para seu negócio. Para isso, é fundamental contar com a logística integrada. Por meio dela, é possível obter uma maior integração na organização, por meio da adoção de tecnologias voltadas para este fim.

Com isso, torna-se possível conseguir uma melhor administração dos insumos utilizados em sua empresa, observar a movimentação dos materiais internamente e realizar uma melhor distribuição física do seu produto. Interessante, não é mesmo?

A adoção da logística integrada e a aplicação das soluções tecnológicas permite que seu negócio entre na era do Supply Chain 4.0 e modernizar o seu negócio. Então leia nosso artigo e entenda como funciona esse conceito.

Posts relacionados

Deixe uma resposta