Inventário permanente e periódico: entenda a diferença! Inventário permanente e periódico: entenda a diferença!

Inventário permanente e periódico: entenda a diferença!

5 minutos para ler

Para quem lida com as rotinas do mundo logístico, saber bem como fazer um inventário é essencial! É nele que são listados todos os bens disponibilizados em um ou mais galpões, tanto para vendas, quanto para locações.

Por ter tamanha importância, é imprescindível conhecer tudo aquilo que está disposto para atender da melhor forma possível a todos os seus clientes.

No entanto, você pode fazer dois tipos de inventário: o permanente e o periódico. Você sabe diferenciá-los? Caso não saiba, melhor continuar essa leitura e entender de uma vez por todas o que são o inventário permanente e o periódico de produtos! Vamos lá?

O inventário periódico de produtos

Esse tipo de inventário é feito ao final de um determinado período, que pode ser semanal, mensal, bimestral, semestral, enfim, com a frequência que for mais adequada aos processos da empresa. Ele possui 3 objetivos:

  1. Reunir dados sobre os bens disponíveis.

  2. Atualizar informações no sistema ERP para dar suporte à gestão de estoque de produtos.

  3. Organizar os dados para corrigir eventuais falhas humanas.

Tendo como base os três objetivos acima citados, podemos ver que a contagem periódica possui alguns elementos diferenciais.

Baseia-se na contagem física

É um método simples que depende da contagem unitária de cada produto para que se possa ter informações relevantes, categorizando cada matéria prima.

Levanta informações sobre mercadoria e seus custos

Com o levantamento periódico, você consolida dados importantes sobre cada produto, definindo-o como um produto acabado ou em elaboração, por exemplo. Dessa maneira, alem de acompanhar o status de cada material, você apura quanto foi gasto para a fabricação final desta matéria prima, o custo gerado para cada produto vendido e as despesas globais de toda a produção durante o ano inteiro.

É o recurso mais utilizado por pequenas e médias empresas

Por ser de fácil aplicação, o inventário periódico é um recurso muito utilizado pelas pequenas e médias empresas, pois ele demanda menos processos gerenciais e menos funcionários para executar as ações necessárias para realizá-lo.

Fazer periodicamente um levantamento sobre os seus bens é uma boa pedida. No entanto, não se esqueça do inventário permanente, pois ele atende a outros objetivos importantíssimos.

O inventário permanente

No caso do levantamento permanente, são controladas continuamente todas as saídas e chegadas das mercadorias, tanto em quantidade quanto em valores. Por meio dele pode-se saber a qualquer momento a posição atualizada dos estoques e das despesas geradas pelos produtos que foram vendidos.

Por ter essa característica, podemos ver alguns diferenciais desse tipo de inventário.

Melhora o processo de compras

Uma vez que se conhece todo o estoque, a vida do gestor de compras fica bem mais simples. As informações contidas nele auxiliam em todo o planejamento dos produtos a serem adquiridos.

Logo, o comprador saberá o que e quando comprar, evitando falhas que podem levar ao excesso ou à falta de material. Assim, melhora-se muito o gerenciamento do estoque e otimiza-se a política de descontos.

Otimiza a política de descontos da empresa

Por ter todo o controle do processo de compras, as empresas têm menores gastos e, consequentemente, conseguem transformar aquela gordurinha em descontos para os seus respectivos clientes.

É uma ideia sensacional, pois além de fornecer em tempo hábil e com qualidade todos os produtos e ou serviços, você ainda consegue estabelecer descontos potenciais que vão ajudar a empresa a fidelizar compradores e atrair mais gente para você.

Com essa vantagem, a sua produção com certeza será aumentada.

Aperfeiçoa o planejamento da sua produção

Já que o inventário permanente evita excesso ou falta de material e diminui gastos que podem ajudar aumentar a sua clientela, mais do que certo que sua produção experimentará um aumento.

E, como terá que produzir mais, você precisa do levantamento permanente para ter, a todo o momento, as informações necessárias sobre cada matéria prima, podendo direcionar suas estratégias para melhorar a produção.

Por fim, o periódico é muito importante para dar suporte ao permanente e, com isso, otimizar toda a sua produção. Agora que você entendeu de uma vez por todas as diferenças entre os inventários, deu para perceber que é possível usar os dois?

Comente com a gente se tiver alguma dúvida ou observação!

 

 

ORBIT Logistics é um dos principais fornecedores mundiais de soluções de gerenciamento de estoque (VMI – Vendor Managed Inventory e SCM – Supply Chain Management) e aquisição de dados em tempo real.

Nossa empresa, fundada em 2003, fornece um sistema modular para gerenciamento e automação da cadeia de suprimentos, atendendo clientes globais a partir de escritórios em Leverkusen (Alemanha), Atlanta (EUA), São Paulo (Brasil) e Shanghai (China). Uma equipe altamente qualificada, composta por mais de 40 engenheiros e técnicos, oferece soluções “turn key” personalizadas para gestão e monitoramento de processos.

Para mais informações:

ORBIT Logistics Brasil
www.orbitlog.com.br
dante@orbitlog.com.br

Tel.: (11) 3796-1755 / 1756
Cel.: (11) 96420-1701

Posts relacionados

Deixe uma resposta