Gerenciamento de pedidos: entenda a importância para sua empresa!

4 minutos para ler

O gerenciamento de pedidos é constituído por cuidados que envolvem todo o ciclo de vida de um pedido. Em outras palavras, é a gestão do atendimento, o processamento, a embalagem e até o envio concreto do produto até o cliente. Quando bem organizado, garante a satisfação dos consumidores e a otimização de custos.

Essa etapa compõe uma parte importante do processo order to cash, e um de seus maiores desafios é manter o padrão de qualidade e agilidade para atender a todos os canais da empresa, principalmente em sistemas omnichannel, com integração completa entre loja física, site e central de relacionamento. Contudo, tecnologia, automação e empenho dão conta do recado.

Veja, a seguir, outros pontos que são fundamentais para você entender e melhorar ainda mais o gerenciamento de pedidos na sua organização. Não perca!

Qual a importância do gerenciamento de pedidos?

A indústria trabalha com margens de lucro bem inferiores a de outros setores e precisa otimizar até os detalhes para se manter competitiva e oferecer uma experiência overdelivering aos seus clientes, surpreendendo com o atendimento, a qualidade dos produtos, os insumos e a entrega acima das expectativas.

Além de favorecer esses quesitos, o gerenciamento de pedidos exige, quase que compulsoriamente, o investimento em tecnologia, tanto nos sistemas de armazenamento e no controle das informações quanto na automação das etapas do ciclo de pedido. 

Demanda também um acompanhamento próximo e a revisão de processos para aprimoramento contínuo do tempo e dos ativos da cadeia produtiva. Logo, é fundamental para o sucesso da logística e, consequentemente, para a melhora do faturamento e dos resultados da empresa.

Como realizar um bom gerenciamento de pedidos?

Uma gestão de pedidos mal amparada pode acarretar falhas no estoque, atrasos nas entregas, perda de eficiência na produção e possíveis crises, tanto com fornecedores quanto com clientes. Confira algumas dicas para evitar esses e outros problemas.

Faça os agendamentos com eficiência 

Parte dos complicadores no gerenciamento de pedidos começa no início da cadeia, com um agendamento mal realizado. No geral, as questões surgem por preenchimento das ordens com dados incorretos e prazos subestimados. O ideal é reduzir as ações manuais já nessa etapa, por meio de sistemas que garantam a segurança das informações — como o armazenamento na nuvem — e o treinamento contínuo da equipe.

Controle a distribuição

A distribuição é uma etapa que pode comprometer a qualidade das entregas e o bom trabalho da produção, já que envolve grande parte dos processos da cadeia logística. Todas as ações dentro do centro de distribuição devem ser estruturadas colocando o cliente em primeiro lugar

Para isso, devemos investir em tecnologia a fim de facilitar a separação dos pedidos e o traslado das mercadorias e diminuir o tempo necessário para cada etapa. É fundamental também melhorar o espaço de armazenagem e a capacidade de entregas por caminhão ou outro modal e otimizar as rotas de distribuição.

Faça o monitoramento das entregas

Uma das vantagens de adotar a automação de pedidos é poder acompanhar, em tempo a real, a situação das entregas. Isso permite um controle maior do que é remetido, diminui os riscos do processo e melhora a comunicação com o cliente. Afinal, ele também acompanhará o rastreamento da entrega, bem como outras etapas da ordem.

Não faltam vantagens de se otimizar o gerenciamento de pedidos de uma empresa. Ele agiliza o processamento de pedidos, melhora a comunicação interna e é uma excelente oportunidade para automatizar rotinas. Não deixe de utilizá-lo para garantir uma cadeia de processos mais enxuta, lucrativa e focada em uma melhor experiência do cliente.

Você sabia que é possível receber nossos conteúdos em primeira mão com tudo sobre sistemas de interação entre clientes e fornecedores? Assine a newsletter e acompanhe!

Posts relacionados

Deixe uma resposta