Conheça as etapas na cadeia de suprimentos e como colocá-la em prática

4 minutos para ler

A cadeia de suprimentos, também conhecida como supply chain, é uma série de processos que fazem parte do ciclo de vida de um determinado bem, desde a sua origem até a entrega ao destinatário final. De modo resumido, indica todas as atividades de compra de insumos, produtos, embalagens, armazenagem, venda e distribuição aos consumidores.

Ela é um processo de extrema importância, que deve ser constantemente aperfeiçoado, pois sua performance influencia diretamente a capacidade de a organização entregar um produto de qualidade ao consumidor, no prazo determinado. Neste artigo, vamos mostrar as etapas na cadeia de suprimentos e como colocá-la em prática. Continue a leitura!

Conheça as principais etapas na cadeia de suprimentos

Para facilitar a sua compreensão sobre o tema, traremos as principais etapas da cadeia de suprimentos. Confira!

Primeira etapa

A escolha da matéria-prima é o processo inicial da produção, sendo parte essencial da supply chain. O contato com os fornecedores deve ser frequente. Além disso, é muito importante informá-los sobre possíveis mudanças. Dessa maneira, as quantidades e os prazos estarão de acordo com sua produtividade, o que evita acúmulo no estoque ou atrasos.

Segunda etapa

Nessa fase, a matéria-prima é transformada no produto final. Assim, ela é essencial para que a operação ocorra de maneira satisfatória, pois nesse momento a mercadoria será produzida.

Terceira etapa

Outros pontos relevantes são a armazenagem e a utilização do estoque. O local de armazenagem e o tempo de permanência do produto devem ser considerados, ainda mais quando falamos de itens perecíveis. Esse é um dos grandes desafios para desenvolver uma gestão de cadeia de suprimentos efetiva, que não traz prejuízos para a empresa.

Quarta etapa

Essa é uma fase vital, pois é nela que o produto vai até os consumidores. Além de planejar todo o processo interno, é necessário cuidar do restante do trabalho. Aspectos como o transporte e a logística são fundamentais para a boa execução dessa etapa.

Saiba como colocá-la em prática

Algumas ações podem ajudá-lo na gestão da cadeia de suprimentos. Veja algumas sugestões!

Faça o mapeamento dos processos

Ao fazer o mapeamento dos processos da sua empresa, você terá controle total sobre a produção. Com informações sobre as etapas, torna-se mais fácil identificar as fragilidades da supply chain.

Informe seus fornecedores sobre as modificações

A comunicação com os fornecedores ajuda a informá-los sobre possíveis modificações ou melhorias nos processos da produção. Com esse relacionamento, é possível evitar o excesso de estoque, garantindo que eles produzirão e entregarão as matérias-primas de acordo com suas necessidades.

Mantenha seu estoque cada vez mais baixo

A falta de produtos em estoque é um desafio para as empresas, porém, o excesso também traz grandes prejuízos, pois gera maiores custos e, possivelmente, grandes perdas. Por isso, é necessário buscar um estoque baixo, mas que ofereça segurança.

Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia traz diversos benefícios para qualificar a sua cadeia de suprimentos. O uso de sistemas para gerenciamento de estoque ou transporte ajuda a cumprir o tempo de entrega, além de reduzir as perdas no processo de produção.

Neste artigo, conhecemos as etapas na cadeia de suprimentos e como é possível colocar essa gestão em prática. Investir nesse processo é uma forma de garantir mais competitividade para o negócio, diminuir as perdas e aumentar os lucros. Portanto, vale a pena cuidar desses detalhes e aperfeiçoar a produção e entrega da sua empresa.

Gostou de aprender sobre esse tema? Então, entre em contato conosco e veja como podemos ajudar a sua empresa!

Posts relacionados

Deixe uma resposta