Conheça quais os 4 tipos de clientes e como lidar com cada um deles

4 minutos para ler

Conhecer os tipos de clientes é essencial para o sucesso de qualquer empresa. Afinal, em tempos de internet e redes sociais, para muitos usuários, o atendimento e a experiência como um todo é tão ou mais importante quanto o preço dos produtos ou serviços oferecidos.

Além disso, ao conhecer os perfis dos clientes brasileiros, a sua empresa tende a obter vantagem competitiva, ofertando melhores bens e serviços, entendendo as necessidades dos consumidores etc.

Para que você trabalhe as melhores estratégias e tenha sucesso nos investimentos, a seguir, apresentaremos tipos de clientes que toda empresa se depara em algum momento. Continue com a gente e saiba mais!

1. Cliente confuso

O cliente confuso é um dos perfis mais comuns em qualquer segmento. Em geral, ele tem uma noção sobre o que deseja adquirir, mas apresenta dificuldades em descrever detalhes, tornando o diálogo com o atendente um pouco confuso.

Para lidar com esse perfil, é preciso demonstrar paciência e expertise. Ao ter conhecimento aprofundado sobre os seus produtos, o atendente pode realizar perguntas estratégicas para identificar corretamente o desejo do usuário.

Além disso, é recomendável apresentar um número específico de opções para o cliente decidir, dinamizando o atendimento e entregando de fato um produto de valor.

2. Cliente indeciso

Apesar do nome, diferentemente do perfil anterior, o cliente indeciso tende a ter mais certeza sobre o que deseja. A sua jornada segue tranquilamente até o momento de finalizar a compra, é quando se iniciam os questionamentos.

Na parte final, esse perfil de cliente se mostra inseguro, começando a duvidar se realmente precisa do item em questão, se a empresa é o melhor lugar para realizar a compra, entre outros.

Aqui, é necessário um trabalho para reversão ou confirmação da situação. Como explicado, o usuário sabe o que quer comprar, mas duvida se realmente precisa fazê-lo naquele momento.

O melhor caminho é focar na necessidade do consumidor e não simplesmente no produto, criando uma conexão emocional. Entenda as razões que o levaram a iniciar a jornada de compra e mostre como ele se beneficiará ao finalizar o processo.

3. Cliente apressado

O cliente apressado também é um dos perfis comuns entre os brasileiros. Em algum momento, você mesmo já entrou em um estabelecimento para comprar algo ou iniciou uma negociação já olhando no relógio, pensando no momento de ir embora.

Para garantir que tudo ocorra como esperado é essencial se adequar ao tempo do cliente. Dificilmente você conseguirá convencê-lo a estender a negociação, por isso não vale a pena arriscar.

Foque na argumentação e nos benefícios do produto ou serviço que será adquirido. Além disso, se houver questões burocráticas que não são obrigatórias, apresente-as de forma resumida a fim de agilizar a operação.

4. Cliente decidido

O cliente decidido tende a ser o mais simples a ser trabalhado, se o atendente apresentar um vasto conhecimento sobre o assunto. Por ser alguém já convencido do que deseja comprar, esse consumidor geralmente se mostra bem informado sobre a marca e sobre os concorrentes. É necessário estar acima das expectativas.

Nesse sentido, o funcionário não pode cometer o menor erro, permitindo que o cliente levante dúvidas ou questionamentos. Caso isso aconteça, a probabilidade de desistência é alta. Confira algumas dicas para lidar com esse perfil:

  • deixe o cliente tomar a decisão no seu tempo;

  • não seja extenso na apresentação;

  • mantenha a escuta ativa.

Enfim, esses foram alguns dos tipos de clientes mais comuns em diferentes segmentos. Uma ótima maneira para se adequar a todos os perfis é contar com ferramentas inteligentes que monitoram a jornada dos usuários. Além disso, é importante investir na qualificação das equipes de atendimento, garantindo a excelência em toda jornada.

Gostou do artigo? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe a sua opinião nos comentários.

Posts relacionados

Deixe uma resposta