Conheça as normas da ABNT para armazenagem Conheça as normas da ABNT para armazenagem

Conheça as normas da ABNT para armazenagem

4 minutos para ler

A armazenagem de materiais deve ser compreendida como a prática de planejamento e organização das operações designadas a manter e abrigar de forma adequada os itens de materiais, preservando-os em condições de seu efetivo uso pela organização. Os parâmetros e definições para sistemas estão nas normas da ABNT para armazenagem.

Mas como surgiram essas normas? A qual ambiente e tipos de produtos se aplicam? E qual a melhor forma para armazenar produtos, especialmente os químicos? Descubra as respostas logo abaixo!

Entenda como as normas da ABNT para armazenagem surgiram

Após estudos feitos durante anos e dialogando com empresas de armazenagem e produtoras de paletes, a ABNT elaborou a norma numerada como NBR 15.524-2, publicada em outubro de 2008 e que tem sido a especificação básica para armazenagem de forma geral.

As normas da ABNT para armazenagem oferecem orientações de projeto, cálculo, montagem e uso das estruturas porta paletes. Sendo assim, ela esclarece sobre carregamento de cargas, o modo de operação do sistema e a sua conservação.

Em relação à aplicabilidade das normas da ABNT para armazenagem, acredita-se que ela acabará se impondo mesmo não sendo obrigatório seu uso, visto que na ocorrência de acidentes quem não segui-la poderá responder judicialmente.

Regras de armazenagem

Ao se construir um galpão ou centro de distribuição é necessário muito planejamento. Além do alto investimento, vários fatores devem ser levados em conta para garantir a armazenagem padrão, como altura, distâncias tanto das ruas quanto das paredes, materiais usados, entre outros.

Veja abaixo alguns itens da norma:

  • peso do material não pode exceder o peso do piso;

  • a disposição do material não pode obstruir portas, saídas de emergência ou equipamentos contra incêndios;

  • os materiais devem estar a uma distância de 50 centímetros das estruturas laterais, entre outros.

Armazenagem de produtos químicos

Produtos químicos não podem ser armazenados de qualquer forma, como classificados por ordem alfabética ou numérica. Eles devem receber um olhar diferenciado. Confira como fazer o passo a passo.

1. Segregação

Inicialmente, é importante segregá-los e guardá-los com base em suas compatibilidades: incêndio, explosão e formação de gases tóxicos são implicações indesejáveis quando opostos colidem.

2. Áreas de circulação

O próximo passo é manter áreas de circulação e passagem de laboratórios livres para que haja a circulação de ar, não usar escada para o armazenamento desses materiais, fazer com que reagentes químicos e equipamentos sejam devidamente estocados, limpar de forma rápida e segura todo e qualquer reagente derramado, além de manter fora do espaço dos laboratórios reagentes sem etiquetas.

3. Sinalização

A sinalização é uma das principais medidas a serem tomadas. Havendo risco biológico, os acessos aos laboratórios devem estar identificados com o emblema internacional. Além disso, é preciso limitar o acesso e manter o controle da entrada de pessoas, apenas quem tem vínculo com a atividade pode acessar o local.

Laboratórios químicos devem cumprir as normas de sinalização por cores, que são úteis na identificação de equipamentos de segurança, demarcação de área de risco e canalizações empregadas para líquidos e gases. Utilizando a sinalização por cores, recomenda-se que a mesma seja acompanhada de sinais convencionais ou palavras.

O cumprimento das normas da ABNT para armazenagem são de extrema importância para as empresas, pois garante a qualidade dos produtos em um padrão internacional, disciplina os processos, aumenta a produtividade e a segurança.

Gostou do artigo? Siga-nos no Facebook e Twitter e fique por dentro de todas as novidades da área logística!

 

ORBIT Logistics é um dos principais fornecedores mundiais de soluções de gerenciamento de estoque (VMI – Vendor Managed Inventory e SCM – Supply Chain Management) e aquisição de dados em tempo real.

Nossa empresa, fundada em 2003, fornece um sistema modular para gerenciamento e automação da cadeia de suprimentos, atendendo clientes globais a partir de escritórios em Leverkusen (Alemanha), Atlanta (EUA), São Paulo (Brasil) e Shanghai (China). Uma equipe altamente qualificada, composta por mais de 40 engenheiros e técnicos, oferece soluções “turn key” personalizadas para gestão e monitoramento de processos.

Para mais informações:

ORBIT Logistics Brasil
www.orbitlog.com.br
dante@orbitlog.com.br

Tel.: (11) 3796-1755 / 1756
Cel.: (11) 96420-1701

Posts relacionados

Deixe um comentário