Como a automação do Order-to-Cash pode melhorar o Supply Chain

3 minutos para ler

Order-to-cash são as operações que envolvem os pedidos dos clientes, transações financeiras dentro da sua empresa, até o pagamento. 

Quando otimizado essas operações garantem economia, precisão e flexibilidade nos processos do supply chain.

O OTC tem muito a oferecer para a cadeia de suprimentos, assunto principal deste artigo, o qual abordaremos como funciona e seus benefícios para o supply chain. 

Nos acompanhe e saiba mais! 

Order-to-Cash: do que se trata? 

O conjunto de operações que envolvem os pedidos dos clientes até o pagamento realizado pela compra é conhecido como o Order-to-cash ou OTC

Esse sistema que ajuda a visualizar o caminho que o dinheiro percorre dentro de um negócio é formado pelas etapas de: 

  • Recebimento de pedidos;
  • Análise de crédito;
  • Envio de pedidos;
  • Faturamento;
  • Contas a receber;
  • Cobranças;
  • Relatórios e gestão de dados.

Todas essas etapas quando otimizadas com o uso de soluções tecnológicas, faz com que o OTC seja ainda mais útil e eficiente para o Supply Chain, como veremos no próximo tópico.

Como a tecnologia otimiza OTC para o Supply Chain?

Os processos de order-to-cash com ajuda tecnológica oferecem a supply chain maior agilidade no processamento dos pedidos, mais desempenho e eficiência.

As atividades ficam mais visíveis e acessíveis com uso de softwares que permitem a integração de dados, automação e digitalização de faturamento e remessas. 

O resultado de uma OTC automatizada é a geração de valor para o cliente final, entregas no prazo e recursos humanos e materiais bem direcionados dentro da empresa. 

Quais os benefícios do Order-to-Cash para o Supply Chain?

Uma boa gestão do Order-to-cash unido a automação é capaz de trazer benefícios concretos ao supply chain, como veremos a seguir:

Gestão de pedidos eficiente: um estudo da IBM afirma que empresas que adotaram o OTC são 81% mais eficazes na gestão de pedidos. 

Menos dinheiro preso em estoque: O OTC contribui para que uma empresa torne sua mercadoria pronta para vendas, aliviando o estoque e receba o dinheiro mais rápido.

Menos faturas manuais: empresas com bom desempenho do OTC utilizam 16% de faturas manuais, enquanto que empresas que não se destacam emitem 80%, segundo a Aberdeen Group.  

Foco: Com um bom desempenho do OTC empresas podem focar mais em estratégias do que na resolução de problemas dentro do supply chain.

Tempo: A automação de pedidos, faturas e remessas economiza o tempo utilizado em processos manuais, liberando recursos para outras necessidades. 

Fluidez no fluxo de caixa: OTC bem planejado e otimizado evita retrabalhos, erros em faturas e diminui o tempo de pagamentos.

Precisão: visibilidade, dados em tempo real, exatidão das informações e análise de relatórios práticos são alguns dos resultados de uma OTC aprimorada com a automação

O mundo dos negócios que gira em uma nova fase tecnológica demanda empresas que sejam ágeis e assertivas em seus serviços.

Contar com os benefícios do order-to-cash para o supply chain é uma forma de manter suas operações aptas para atender as exigências de um mercado acelerado pela tecnologia.

Se você quer ter acesso a mais conteúdos sobre o gerenciamento de processos logísticos, siga as nossas páginas no Facebook e no Linkedin para manter-se atualizado sobre as principais novidades do setor!

Posts relacionados

Deixe um comentário