Como o EDI pode otimizar a área de Logística

por | 14/12/2022

4 minutos para ler

Aqui no blog da Orbit já falamos muitos sobre o como funciona o EDI – Intercâmbio Eletrônico de Dados e sobre seus benefícios.

Hoje vamos nos deter em como o EDI otimiza a logística da sua empresa e os principais resultados comprovados que essa solução pode trazer! Continue a leitura!

Como o uso do EDI começou na logística?

EDI

Os primeiros registros sobre o uso do EDI – Intercâmbio eletrônico de dados, são de 1960, na empresa DuPont. Na época a empresa lidava com um número incontável de papéis que transitavam na sua rede de transportes, o que gerava muitos erros e atrasos.

Pensando em uma solução para isso, Edward A.Guilbert desenvolveu um sistema que padronizava as mensagens da Dupont para a Chemical Leaman Tank Lines. 5 anos depois, a linha de navios a vapor Holland-América também adotou um sistema EDI e a partir disso, outras companhias marítimas, terrestres e ferroviárias resolveram adotar o sistema.

No entanto, o aumento do uso do sistema se deparou com problemas de diferenças de formato entre os parceiros comerciais. Por isso, em 1968 foi criado o Comitê de Coordenação de Dados de Transporte (TDCC) para desenvolver um padrão de formatos de EDI para os diferentes modais. Esse passo foi essencial para a globalização dessa solução.

Porém, somente em 1990 que o EDI adquiriu a integração logística convencional e ganhou relevância como um dos principais canais para empresas logísticas.

Leia também: Benefícios do EDI – Electronic Data Interchange para a logística

Perspectivas para o EDI na logística?

Perspectivas para o EDI na logística?

Ainda que novas tecnologias vêm surgindo e se tornado potenciais substitutos ao EDI, o sistema continua sendo relevante no setor. Com desenvolvimento de IA, Data Base, Internet das coisas (IoT) e afins, o EDI tem tudo para trazer ainda mais  possibilidades para o setor logístico.

Sendo que os sistemas mais modernos têm a capacidade de identificar e resolver problemas de erros e violações rapidamente, bem como eliminar pedidos perdidos, imprecisos ou atrasados. Veremos no próximo tópico, como essa solução tem otimizado a logística atualmente.

Como o EDI otimiza a logística?

Para falar do papel do EDI hoje na otimização logística, trouxemos alguns dos seus resultados em empresas ao redor do mundo, de acordo com a pesquisa da GS1 UK. Vamos conferir.

Cases de redução de custos

Um dos principais resultados mencionados por empresas que adotaram o EDI ao redor do mundo, foi a redução de custos. Foram comprovados os seguintes resultados:

  • Economia de 650 milhões de libras no setor de supermercados;
  • 200 milhões de libras no setor de mercearia com a automação de um único documento comercial;
  • Redução para 14 libras por pedido nas mercearias do Reino Unido;
  • Redução de custos no processamento de pedidos, de 38 dólares para 1,35 dólares em uma empresa americana;
  • Economia de 120 euros por fatura na União Europeia.

Velocidade e precisão

Agilidade de processos é outro resultado que a otimização com o EDI traz para a logística. Nos resultados da pesquisa apareceram:

  • Transações de 5 dias reduzidas para menos de 1 hora.
  • Redução no tempo de ciclo chave de uma corporação automotiva de 30 dias para 24 horas.
  • Redução no ciclo de pedido de uma varejista de 24 dias para 6 dias.

Processos manuais apresentam cerca de 5% de dados imprecisos. Pensando nisso, estima-se que o EDI pode resultar um tempo de entrega 30% mais rápido, resolvendo da mesma forma a questão da imprecisão.

Aumento da eficiência nos negócios

Aumento da eficiência nos negócios

Ao digitalizar documentos e automatizá-los, avalia-se uma economia de 50% com recursos humanos. Além das vantagens de menos retrabalho, otimização dos níveis de estoque e menos cancelamentos de pedidos.

 

A ORBIT Logistics é um dos principais fornecedores mundiais de soluções de gerenciamento de estoque (VMI – Vendor Managed Inventory e SCM – Supply Chain Management) e aquisição de dados em tempo real.

Nossa empresa, fundada em 2003, fornece um sistema modular para gerenciamento e automação da cadeia de suprimentos, atendendo clientes globais a partir de escritórios em Leverkusen (Alemanha), Atlanta (EUA), São Paulo (Brasil) e Shanghai (China). Uma equipe altamente qualificada, composta por mais de 40 engenheiros e técnicos, oferece soluções “turn key” personalizadas para gestão e monitoramento de processos.

Se você quer ter acesso a mais conteúdos como esse, siga nos no Linkedin para manter-se atualizado sobre as principais novidades do setor ou entre em contato conosco!

POSTS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *