Conheça as melhores práticas em automação de processos logísticos

7 minutos para ler

A tecnologia está cada vez mais presente nas empresas, e, com as transportadoras, não poderia ser diferente. Esse setor está explorando alguns recursos, como a robótica, os sistemas de gestão integrada e a automação logística, com o intuito de aprimorar a prestação de serviços.

Atualmente, essa solução pode ser implementada ao processo de fluxo de materiais, armazenagem e expedição. Por isso, é importante investir em formas de melhorar os resultados e aumentar a eficiência dos serviços.

Pensando nesses benefícios, apresentaremos, ao longo deste artigo, algumas das formas pelas quais essa estratégia é capaz de otimizar as práticas de sua empresa. Boa leitura!

O que é a automação logística?

O conceito de automação logística se refere a todos os recursos tecnológicos disponíveis em um sistema de gerenciamento de transportes ou TMS (sigla inglesa de Transportation Management System).

A automação, portanto, se relaciona com a redução de tarefas manuais no processamento de fretes e com a aquisição de melhores opções de transporte. Além disso, o sistema pode ser configurado de modo que o gestor possa obter notificações automáticas e atualizações em tempo real das informações de frete.

Quais são as melhores práticas e os seus resultados?

É fundamental conhecer como o investimento em tecnologia pode funcionar na prática e o que esperar dessa renovação tecnológica.

Eliminação de erros

A ocorrência de falhas humanas tende a elevar os custos de transporte, gerando situações altamente incômodas, tais como ter que pagar duas vezes por um único envio ou suportar um valor maior devido à classificação incorreta de uma mercadoria.

Esses erros também afetam a relação com os clientes que não recebem as suas mercadorias de acordo com a sua solicitação. Nesse cenário, os recursos da automação de processos logísticos servem para propiciar:

  • integração dos produtos por meio do seu sistema de gestão;
  • o acesso ao cadastro de clientes e ao catálogo de endereços;
  • o processamento e o armazenamento automáticos; e
  • a contabilização dos custos com combustível e acessórios.

Com isso, o gestor tem a garantia de que inconsistências em seus registros serão eliminadas, o que favorece a confiabilidade dos processos de trabalho.

Economia de recursos

A minimização dos custos é um dos objetivos mais importantes para a gestão de uma empresa de transportes. Esse é um setor competitivo e que depende de investimentos elevados para a sua manutenção.

Isso resulta em uma margem de lucro baixa, o que pode afetar a saúde financeira do negócio. Para contornar essa situação e promover a redução dos custos de transporte, a automação em um TMS facilita aos usuários a execução de políticas que ofereçam economias imediatas de frete.

Isso significa que, para melhorar o desempenho da operação, é recomendado fazer o uso de um sistema desenvolvido com uma arquitetura de aplicações de última geração. Quando isso acontece, a ferramenta está apta a receber e processar taxas de operadoras em tempo real, desde que disponha de uma conexão com a Internet.

Não se trata de reduções pontuais, mas, sim, quanto ao ROI efetivo, baseado em acesso dinâmico às tarifas e aos custos, em tempo real. Quando o gestor tem várias operadoras de transporte, é possível tomar decisões mais precisas.

Dessa forma, o processo de escolha pode estabelecer critérios baseados no custo, no tempo de trânsito e na segurança, fazendo a melhor opção para cada embarque específico e economizando dinheiro em curto e em longo prazo.

Melhor atendimento ao cliente

Você já parou para calcular quanto pode custar para o seu negócio perder um cliente? Qual percentual da sua rentabilidade está atrelado ao contrato de poucos clientes? Como a sua empresa seria capaz de manter a saúde financeira caso um contrato fosse encerrado?

Essas perguntas servem para que o gestor tenha real clareza sobre o impacto que o relacionamento com os seus clientes pode ter sobre o seu desempenho. Não estamos falando apenas de finanças, mas também da sua reputação e do reconhecimento no mercado.

Por esse motivo, a automação de processos logísticos proporciona um monitoramento de fornecedores preciso, com levantamentos automáticos, seguros adequados e contabilidade de frete construída de acordo com suas especificações personalizadas.

Dessa forma, por meio do recebimento de notificações automáticas, tanto você quanto o seu cliente sabem exatamente quanto custará o frete e quando o produto chegará a seu destino final.

Ganho em eficiência operacional

O serviço prestado pelas transportadoras vai muito além da simples movimentação de mercadorias dentro do prazo. Essa é uma atividade considerada estratégica para o atendimento das demandas de fabricantes e de seus clientes.

Isso quer dizer que esse processo de terceirização é uma parceria importante que passa a englobar a gestão do estoque e o planejamento do reabastecimento. Com isso, as empresas passam a funcionar de forma integrada, mantendo a gestão e o acompanhamento dos resultados centralizados.

Monitoramento dos indicadores de desempenho

Dificilmente, encontraremos, no mercado, um sistema de gestão que não inclua a funcionalidade de acompanhamento de indicadores e relatórios. Essa função pode ser personalizada para gerar relatórios sobre as atividades de maior impacto, como:

  • o volume de entregas realizadas;
  • o prazo médio de entrega;
  • o percentual de erros no processamento de pedidos; e
  • o total de pedidos fora do prazo.

Os sistemas fornecem o processamento de dados e a geração de relatórios confiáveis e precisos para subsidiar a tomada de decisão. A gestão da informação está cada vez mais presente nas empresas para ajudar a compreender como problemas podem ser solucionados e qual o impacto de gargalos na operação.

Acesso a dados e análises em tempo real

Ao acessar dados e relatórios em tempo real, o seu processo de tomada de decisões é favorecido com informações precisas acerca de padrões e históricos.

Por exemplo, é possível descobrir que, em 80% das vezes, você escolheu a transportadora “A” porque ela apresentava menores custos, mas que ela atrasa 20% das entregas, gerando para o seu negócio um problema com um atendimento ao cliente ineficiente.

Permitir a criação de uma imagem tão negativa da empresa apenas para economizar no custo do transporte pode prejudicar seus resultados em longo prazo, dificultando a atração de novos clientes e aumentando as chances de perder os atuais.

Sendo assim, o acesso a dados valiosos, ao alcance da sua mão, com a automação de processos logísticos simplifica a avaliação do custo total de suas decisões a fim de evitar futuras ineficiências.

Por fim, é fundamental destacar como a renovação tecnológica de uma empresa começa como um estudo cuidadoso das suas necessidades e dos processos. A automação logística é a solução que pode transformar a realidade do negócio, contudo, é preciso dedicar tempo para planejar essa renovação.

Agora, se você gostou do nosso artigo e quer saber mais sobre as nossas soluções, entre em contato conosco e tire as suas dúvidas!

Posts relacionados

Deixe uma resposta