Conheça as melhores práticas em automação de processos logísticos

8 minutos para ler

A automação de processos logísticos é uma necessidade cada vez mais impactante na competitividade das empresas modernas. Se as primeiras versões da Revolução Industrial permitiram substituir processos artesanais pelos industriais, agora, é tempo de dar um passo ainda mais importante para a agilidade e para a eficiência.

Em razão disso, as empresas que investem nos recursos de automação logística alcançam resultados significativos em ganhos, como a diminuição de custos, o aumento da produtividade e a redução dos prazos de entrega.

Pensando nesses benefícios, apresentamos, ao longo deste artigo, algumas das formas pelas quais essa estratégia é capaz de otimizar as práticas de sua empresa. Confira e tenha uma boa leitura!

O conceito de automação de processos logísticos

Basicamente, a automação de processos logísticos é um conjunto de procedimentos executados com a adoção de medidas e de recursos tecnológicos, que são implantados para substituir trabalhos e controles manuais por soluções de automação. Como exemplos dos sistemas usados para promover essa modernização dos processos logísticos, podemos citar:

Sendo assim, o conceito de automação de processos logísticos se refere a todos os recursos tecnológicos disponíveis em um sistema de gerenciamento de transportes ou TMS (sigla inglesa de Transportation Management System).

A automação, portanto, se relaciona com a redução de tarefas manuais no processamento de fretes e com a aquisição de melhores opções de transporte. Além disso, você pode obter notificações automáticas e atualizações em tempo real das informações de frete.

A importância da automação

O setor de logística é fundamental no apoio ao processo de compras e de recebimento de mercadorias. Desse ponto de vista, a contribuição que ela oferece para a agilidade, a eficiência e a qualidade, por exemplo, é determinante para a competitividade do negócio como um todo.

Obviamente, existem variações do nível de importância de acordo com a natureza da cada atividade e setor. A logística de grandes eventos, por exemplo, tem relevância diferente da que ocorre em indústrias ou distribuidoras, mas todos esses empreendimentos se encontram diante de desafios muito semelhantes.

Com o processo de transformação digital sendo cada vez mais acelerado por uma série de situações, as organizações precisam se adaptar e preparar-se com a automação dos processos e a qualificação das pessoas, que cada vez mais precisam assumir uma atuação mais estratégica e menos operacional.

Os benefícios da automação na logística

O primeiro e mais importante benefício é o de garantir a eficiência operacional, que é um requisito de competitividade. Isso ocorre porque as empresas não são necessariamente mais competitivas se forem eficientes, uma vez que a concorrência pode oferecer uma condição equivalente, mas são certamente menos competitivas, se não oferecerem o mínimo de eficiência operacional.

Motivação da equipe

A simples organização dos processos e a melhora da estrutura de trabalho já são fatores que contribuem para a melhora da motivação. Afinal, é melhor trabalhar nessas condições, já que os resultados ficam mais fáceis de demonstrar e isso influencia a autoestima de todos os envolvidos.

No entanto, também há um grande estímulo, como a diminuição de tarefas repetitivas. A automação assume muitas atividades padronizadas e permite que todos foquem atribuições mais estratégicas. Assim, todos se sentem mais úteis e valorizados.

Diminuição de prazos

Muitas empresas ganharam destaque no mercado pela capacidade de entrega quase que imediata. Além de diminuir custos de armazenagem, essa agilidade minimiza a necessidade do valor imobilizado em estoque. Isso faz com que muitos clientes prefiram as empresas que entregam mais rápido, mesmo que precisem pagar um preço um pouco mais alto pelos seus produtos.

Alto retorno de investimento

O ROI, sigla em inglês para análise de retorno de investimentos, é muito rápido e representativo na automação, especialmente quando envolve a diminuição do valor necessário para manter o estoque. Afinal, esse valor entra no caixa ao final do ciclo de venda e, muitas vezes, pode cobrir o total do investimento feito na automação.

Eliminação de erros

Os recursos da automação de processos logísticos (como a integração dos produtos por meio do seu sistema de gestão, o acesso ao catálogo de endereços, o armazenamento automático, a entrada de taxas de combustível e acessórios etc.) garantem que você nunca mais tenha que se preocupar com a introdução de dados errados.

A ocorrência de falhas humanas tende a elevar os custos de transporte, gerando situações altamente incômodas, tais como ter que pagar duas vezes por um único envio ou um valor maior devido à classificação incorreta de uma mercadoria.

Economia de recursos

Para evitar a elevação dos custos de transporte, a automação em um TMS facilita aos usuários a execução de políticas que ofereçam economias imediatas de frete. Isso significa que o sistema é construído com uma arquitetura de aplicações de última geração, apta a receber e processar taxas de operadoras ao vivo pela Internet.

Não se trata de reduções “teóricas”, mas de um ROI efetivo, baseado em acesso dinâmico às tarifas e custos, em tempo real.

Quando você tem várias operadoras para selecionar, pode estabelecer critérios baseados no custo, no tempo de trânsito e na segurança, fazendo a melhor escolha para cada embarque específico e economizando dinheiro em curto e em longo prazo.

Melhor atendimento ao cliente

Quanto custa para o seu negócio perder um cliente? A automação de processos logísticos proporciona um monitoramento de fornecedores preciso, com levantamentos automáticos, seguros adequados e contabilidade de frete construída de acordo com suas especificações personalizadas.

Dessa forma, por meio do recebimento de notificações automáticas, tanto você quanto seu cliente sabem exatamente quanto custará o frete e quando o produto chegará a seu destino final.

Acesso a dados e análises em tempo real

Ao acessar dados e relatórios em tempo real, o seu processo de tomada de decisões é favorecido com informações precisas acerca de padrões e históricos.

Por exemplo, é possível descobrir que, em 80% das vezes, você escolheu a transportadora “A” porque apresentava menores custos, mas que ela atrasa 20% das entregas, gerando para o seu negócio um estigma de mau atendimento ao cliente.

Permitir a criação de uma imagem tão negativa da empresa apenas para economizar no custo do transporte pode prejudicar seus resultados em longo prazo, dificultando a atração de novos clientes e aumentando as chances de perder os atuais.

Sendo assim, o acesso a dados valiosos, ao alcance da sua mão com a automação de processos logísticos, simplifica a avaliação do custo total de suas decisões a fim de evitar futuras ineficiências.

Informação centralizada

Boa parte dos ganhos relativos ao acesso aos dados e à aplicação da inteligência analítica tem origem na centralização. Note que nos referimos ao armazenamento, ao tratamento e à disseminação da informação, mas não necessariamente à decisão.

Isso significa que os dados são integrados e comparados em uma base central, mas podem ser acessados por diversas unidades e profissionais, por meio de vários dispositivos, como tablets e smartphones, e durante 24 horas.

Sendo assim, concluímos com a constatação de que a automação de processos logísticos contribui para uma operação mais orgânica e fluida, garantindo uma dinâmica mais alinhada com a transformação digital e com todo o cenário de mudança ao qual as empresas estão submetidas na atualidade — com todas as suas surpresas, crises e desafios. Com a automação logística, o seu empreendimento consegue se preparar e reagir melhor em qualquer situação.

Agora, aproveite sua visita ao nosso blog e seja avisado de novas publicações. Para isso, assine a nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta