A Pandemia gera novos desafios e oportunidades para o Supply Chain

3 minutos para ler

As mudanças trazidas pela pandemia foi assunto em alta nesses dois últimos anos e o Supply Chain, sendo um dos setores mais atingidos, não ficou de fora.

Mesmo com os impactos repentinos, empresas que passaram por esse momento com êxito tendem a se fortalecer na retomada. 

Por isso vale rever alguns dos principais desafios e oportunidades que vieram com a pandemia e mostrar como sua empresa pode aproveitá-los!
Faça uma boa leitura!

Os desafios impostos na pandemia para o Supply Chain?

As áreas de Logística e Supply Chain foram muito impactadas pela pandemia do Covid-19 que gerou reações no mercado nunca imaginadas.

A maioria das empresas logísticas do Brasil tiveram baixo faturamento e sairão endividadas da pandemia em 2021, devido aos altos custos para estas empresas funcionarem.

Além do fator financeiro, empresas tiveram que adaptar sua produção com a disponibilidade de equipe, tendo que redistribuir funções e readequá-las.

Pois as restrições da pandemia forçaram empresas a optar por home office e dispensar funcionários do grupo de risco.

No âmbito global, países fecharam suas fronteiras com medo do contágio e os suprimentos vindos da China sofreram altas em seus valores. 

Com todos esses desafios as empresas tiveram que repensar suas estratégias de gestão, equipes, estoque, produção e fornecedores. 

O lado bom da pandemia: oportunidades para o Supply Chain 

Para o Supply Chain no pós-pandemia há perspectivas de efeitos positivos e aqui identificamos pelo menos 3 oportunidades para uma volta vigorosa ao mercado. 

1.   Oportunidade de se alinhar estrategicamente

Exposto os pontos vulneráveis das empresas diante da crise, ficou claro a necessidade de refinar o plano estratégico, incluindo situações de risco e ações mais sustentáveis.

As empresas também viram que o seu Supply Chain precisa ser mais flexível, ágil e transparente, atributos a se considerar no planejamento. 

2.   Oportunidade de inovar

Estudos mostram que líderes visionários têm suas decisões pautadas em números e investem pesado na transformação digital do Supply Chain. 

As apostas estão voltadas para automação com o uso da robótica em armazéns, IoT para monitoramento de equipamentos e entregas, IA e Big Data para análises e previsões.

Essas tecnologias trazem visibilidade aos gestores e alavancam as empresas em sua competitividade.

3.   Oportunidade de explorar novos mercados

Uma das tendências adotadas na pandemia é o foco de vendas direta para o B2C.

As tecnologias 4.0 facilitam o processo de fabricação de produtos, de um modo simples e eficiente, dando acesso aos clientes à produtos direto da fábrica. 

As vantagens estão em um menor custo, já que algumas etapas da cadeia de distribuição são eliminadas nesse processo. 

Também houve o crescimento do e-commerce o que exige mudanças na logística para acompanhar essa tendência.

O cliente demanda formas de entregas mais ágeis, sustentáveis e convenientes ao seu estilo de vida e as empresas precisam considerar isso em suas operações. 

E então? Conseguiu identificar alguma oportunidade para a sua empresa aproveitar?

Fique atento no lado bom do pós-pandemia trazido para o Supply Chain.

Se você quer ter acesso a mais conteúdos sobre o gerenciamento de processos logísticos, siga as nossas páginas no Facebook e no Linkedin para manter-se atualizado sobre as principais novidades do setor!

Posts relacionados

Deixe um comentário