A Logística como Diferencial Competitivo para as Empresas

4 minutos para ler

Alcançar sucesso no setor de logística não é uma tarefa fácil se considerarmos o cenário do mercado atual que apresenta um consumidor mais empoderado e uma competição global. 

No entanto, empresas têm encontrado soluções no setor logístico que além de as tornarem mais inovadoras, as impulsionaram no mercado, ganhando a confiança dos consumidores.

Quer saber o que essas empresas têm feito para tornarem sua logística um diferencial?

Continue a leitura e descubra!

Quais as dificuldades comuns na área de logística das empresas?

Uma das preocupações comuns dos gestores de logística é garantir que seu produto seja entregue com qualidade, no tempo devido e se possível reduzir custos neste processo.

Não são metas fáceis de se alcançar, principalmente quando não há um planejamento estratégico para a logística de uma empresa que inclua também sua expansão. 

E a situação piora com a falta deinvestimentos em equipe especializada, inovação em técnicas e equipamentos.

As grandes empresas que conseguiram fazer a diferença nessa área, apostaram em mudanças radicais, planejando cada ação em etapas. 

Quer ver alguns exemplos? Acompanhe o próximo tópico! 

Como fazer da logística um diferencial competitivo?

Empresas como a Amazon e Starbucks apostaram na logística como diferencial competitivo, a fim de conseguirem melhores resultados e ainda encantar o cliente.

Conheça as soluções encontradas por essas empresas:

Amazon 

“Se você decidir que irá fazer apenas o que sabe que dará certo, estará deixando um monte de oportunidades para trás”. Jeff Bezos – CEO da Amazon

A frase de Bezos representa bem um dos exemplos mais atuais de sucesso logístico e que durante a pandemia manteve-se como a 2a empresa mais valiosa do mundo.

A Amazon investiu fortemente na experiência do consumidor, com uma fácil experiência de compra online.

Dispõe de vários pontos de distribuição intermediários, inclusive no Brasil e conta com uma equipe altamente especializada.

A seu favor, explora ao máximo a  logística 4.0, incluindo robôs para prever demandas, organizar estoque, agilizar pedidos e antecipar entregas. 

Starbucks

A famosa cafeteria em meados de 2007, encontrou dificuldades na sua capacidade de fornecimento em seus 16.700 pontos de venda. 

Problemas como entregas fora de prazo, escolha de terceirizadas ruins e a falta de planejamento no processo de expansão da empresa tornaram sua logística muito complexa.

A solução foi reorganizar a cadeia de abastecimento em etapas, estabelecer bases para a capacidade futura e encerrar as parcerias que não tinham bom desempenho. 

Quando concluiu seu plano estratégico para mudança em 2010, a empresa havia economizado US$500 milhões.

No resumo destes dois cases, vimos que a falta de um planejamento inicial na logística acarreta em prejuízos e desperdícios.

E o uso da tecnologia é fundamental para automação e otimização dos processos, garantindo a inovação e estimulando a competitividade a nível global. 

Vale somar uma logística integrada para agilizar os processos e a comunicação entre setores e stakeholders.

As melhorias expressivas, a sustentabilidade do negócio e uma logística de destaque, são alcançadas quando as empresas não temem às mudanças substanciais.

Se você quer ter acesso a mais conteúdos sobre o gerenciamento de processos logísticos, siga as nossas páginas no Facebook e no Linkedin para manter-se atualizado sobre as principais novidades do setor!

Posts relacionados

Deixe uma resposta