5 Estratégias para otimizar a Cadeia de Suprimentos

3 minutos para ler

Nos últimos dois anos, com a crise resultante da pandemia do Covid-19, várias empresas se viram diante de um cenário catastrófico que colocou em risco o futuro dos seus negócios. 

Ainda assim, algumas se mostraram resilientes e aumentaram sua lucratividade nesse período, mostrando ao mundo o quanto é possível fazer da cadeia de suprimentos um setor estratégico e que gera valor para os clientes. 

Seguindo esses exemplos é que separamos algumas estratégicas para otimizar a cadeia de suprimentos e os resultados que podem ser gerados a partir disso.

Se esta é uma área da sua empresa que precisa de melhorias, esse artigo é para você!

Não deixe de ler até o fim.

Por que é importante investir em estratégias na cadeia de suprimentos?

Por mais que a cadeia de suprimentos seja um setor repleto de desafios devido à sua complexidade, na última década esta área chegou a faturar 12,265 bilhões de dólares. 

Soluções estratégicas e inteligentes têm reconfigurado as estruturas das cadeias de suprimentos, para uma atuação mais global, ágil, inteligente e personalizada.

Tudo isso para encontrar um equilíbrio entre a resiliência dos negócios, produtos e serviços de qualidade e satisfação aos clientes

5 estratégias para otimizar a cadeia de suprimentos

Separamos 5 estratégias para cadeia de suprimentos que se mostraram necessárias e eficientes nos últimos anos. Confira!

1. Torne sua cadeia de suprimentos flexível

A capacidade de analisar e monitorar um grande volume de dados por meio das tecnologias da indústria 4.0, tem ajudado as empresas a integrar seus planos de negócios à produção.

Assim, a cadeia de suprimentos ganha rapidez e flexibilidade para atender às diferentes demandas de mercado. 

2. Adote um modelo de negócio orientado pela demanda

Isso significa estar sempre atualizado às mudanças de comportamento e desejos do consumidor e ainda garantir uma resposta rápida às suas necessidades.  

Tecnologias como I.A, IoT e Nuvem, cooperam para informações integradas e acesso à uma vasta base de dados em tempo real, o que facilita a gestão e previsão de demanda

3. Utilize soluções emergentes para ganhar inteligência de mercado

A digitalização dos negócios com soluções inteligentes resulta em maior confiabilidade de dados, visibilidade e insumos para tomada de decisões. 

Com isso, as cadeias de abastecimentos conseguem otimizar seus estoques para reduzir custos, personalizar entregas e garantir qualidade. 

4. Oriente os processos da cadeia de suprimentos tendo como base a sustentabilidade

As empresas são cada vez mais pressionadas a dar uma resposta sustentável à sociedade sobre suas operações. 

Uma cadeia de suprimentos baseada na sustentabilidade adquire vantagens como menor impacto ambiental, lucratividade, além de gerar valor para os clientes. 

5. Tenha um bom mapeamento de seus fornecedores

As mudanças de cenários que ameaçam pôr em risco as operações da cadeia de suprimentos, exigem maior adaptação às demandas em curto prazo. 

Recomenda-se então, ter um mapeamento dos fornecedores de forma que seja possível localizá-los de forma rápida.

E ainda incluir informações de perfil e todos os possíveis parceiros para diversificação quando necessário. 

Se você quer ter acesso a mais conteúdos sobre o gerenciamento de processos logísticos, siga as nossas páginas no Facebook e no Linkedin para manter-se atualizado sobre as principais novidades do setor!

Posts relacionados

Deixe um comentário