Confira as vantagens de usar um sistema ERP para Logística

4 minutos para ler

Como a logística impacta o negócio como um todo, uma vez que oferece suporte e eficiência à entrega do produto, ela é fundamental para melhorar a experiência do cliente e garantir que a empresa alcance os seus objetivos estratégicos.

Com um bom ERP para logística, a gestão do setor é altamente facilitada, pois essa é uma área de enorme complexidade, na qual a eficiência depende de processos facilitados, de automação e de outros recursos que não podem ser aplicados sem a estrutura adequada — oferecida pelo ERP.

Contudo, a eficiência operacional necessária à entrega desse valor depende de boas práticas e de um fluxo de processos dinâmico, algo muito difícil sem um sistema. Então, confira como o ERP pode ajudar!

O ERP para a gestão

O ERP (Enterprise Resource Planning), ou Sistema Integrado de Gestão Empresarial, foi inicialmente elaborado para atender à necessidade de integração das empresas. Antes dele, elas atuavam com departamentos isolados, cada um com o seu próprio controle e o seu próprio sistema.

Apenas no cadastramento dos clientes, isso gerava um enorme retrabalho, pois cada departamento precisava registrar a sua própria lista. Atualmente, a capacidade de integração dos sistemas vai além das fronteiras da empresa.

Por meio de plataformas digitais e aplicações específicas, é possível integrar fornecedores e clientes de um modo que não podíamos fazer. No entanto, para que isso seja possível, as operações precisam ser estruturadas desde a base, que é sustentada pelos sistemas ERP.

O ERP para logística

Considerando que os processos logísticos têm forte interseção nos procedimentos relacionados à gestão de estoque, à Supply Chain e ao relacionamento com os fornecedores, o contexto que descrevemos acima pode ser mais facilmente percebido a partir desses pontos. 

Controle de estoque

Um bom controle no armazém elimina gargalos e imprevistos e usa dados para fazer previsões, organizar demandas e evitar desperdícios. O manuseio de ferramentas de contagem cíclica, a padronização de registros e o monitoramento das movimentações são algumas das tarefas que podem ser mais facilmente executadas com o uso dos sistemas ERP.

Otimização dos processos

O aumento da produtividade e da lucratividade também é determinante para a logística, bem como a agilidade nas entregas, o que é fortemente melhorado com a aplicação da automação.

Além de agregar muitas funcionalidades que ajudam com a otimização, esses sistemas são desenvolvidos com base em melhores práticas de gestão e de logística. Por isso, oferecem uma excelente oportunidade às empresas que os adotam, já na implantação, de se adequar a processos que comprovadamente funcionam melhor.

Planejamento e decisão

Informação de qualidade é a palavra-chave na atualidade. Muitas das mudanças pelas quais estamos passando têm origem ou dependem da forma que usamos os dados para planejar, prever demandas com precisão e decidir de modo mais embasado. Os ERPs armazenam dados estruturados e abrangentes de todo o ciclo pedido-despacho-faturamento, sendo fundamentais para as decisões e o planejamento logístico.

Estruturação operacional

Todo esse conjunto de informações e uma estrutura adequada de análise com abordagem de inteligência em negócios permite criar uma estrutura confiável, segura e adaptável, para que a operação flua sem problemas.

Por fim, a base para implantação da Logística 4.0 depende diretamente do conjunto de dados e da eficiência operacional garantida pelo bom uso dos sistemas ERP para logística. A dúvida seguinte provavelmente será sobre qual sistema é mais adequado às suas necessidades, o que exige uma pesquisa na busca da melhor opção, considerando o produto e a competência da equipe do fornecedor.

Comece essa avaliação agora mesmo. Entre em contato e conte com o atendimento especializado de nossa equipe. 

Posts relacionados

Deixe uma resposta